"Amem sem cor, raça ou gênero."

On 14:42 by LL in    14 comments
As condições estão favoráveis! Os Estados Unidos elegeram um presidente negro, a Globo sempre tem um personagem gay em suas novelas e até o Netinho se assumiu bi. Esta é a hora, saia do armário! Não sabe como? Eis 29 formas para se assumir lésbica em 2009:
1. Ande de mãos dadas com sua namoradaVocê já comparou o seu namoro com um namoro hétero? Se a resposta for positiva, você já percebeu o quanto somos travadas em público. E para quê? O que ganhamos ao deixar de viver plenamente nossos namoros? Em 2010, ande de mãos dadas em público, troque selinhos e trate sua namorada como namorada. Vocês merecem.

2. Use um símbolo lésbico/feminista
Mostra que você é consciente, antenada e interessada em conhecer outras sapatilhas. Vale pulseira do arco-íris, símbolo de Vênus, labris...

3. Coloque sua orientação sexual no Orkut
Ou pelo menos tire aquele "heterossexual" de lá. Entrar numa comunidade a favor da diversidade também não machuca ninguém.

4. Conte para sua mãe
Mas esteja preparada para todas as reações. Caso precise de ajuda, um bom lugar é o GPH - Grupo de Pais de Homossexuais.

5. Apresente sua namorada como namorada
Por mais óbvio que pareça, ninguém vai pensar que vocês duas são um casal. E se alguém desconfiar, vai fofocar porque vocês não se assumem. Então, nada melhor para calar a boca dos fofoqueiros de plantão do que dizer a verdade.

6. Vá a um bar ou boate GLS
Você não precisa (nem deve) viver só no gueto, mas é importante conhecer a cultura na qual estamos incluídas. Talvez você pense que hoje a sociedade está mais aberta e que não precisamos mais de locais exculsivamente gays, mas é legal valorizar e respeitar quem veio antes da gente e construiu as bases para o que vivemos hoje.

7. Assista a filmes e seriados lésbicos
Eles são ótimos para dar uma levantada no ego e fazer a gente se sentir mais normal.

8. Pesquise e conheça artistas mulheresTodas nós conhecemos Cássia Eller, Marina Lima e Ana Carolina. E o que mais? Você sabe o que foi o movimento das Riot Grrrl? Já ouviu falar nas bandas Le Tigre e Sleater-Kinney? E as Guerrilla Girls, no mundo das artes? Depende nós o reconhecimento e divulgação da cultura lésbica / feminina / feminista.

9. Viaje com sua namorada e reserve uma cama de casal
Você não quer transar numa cama de solteiro durante a viagem dos seus sonhos, correto? Então deixe a vergonha de lado e exija seus direitos. Você vai adorar a sensação de pedir uma cama de casal para duas garotas.


10. Diga a seu ginecologista que você namora outra mulherAssim suas consultas vão ser direcionadas para a nossa realidade e você ainda está treinando um médico para atender outras lésbicas. Sair do armário para o ginecologista é serviço público!

11. Não aceite professores homofóbicos
Muitas de nós passamos por aulas onde queremos desaparecer para não ouvir tantas frases preconceituosas dos professores. Esse ano, tome uma atitude! Converse com a direção de sua escola/curso, escreva uma carta (pode ser anônima), peça ajuda ao grupo LGBT mais próximo... o importante é não deixar passar sem fazer nada.

12. Vá a uma reunião de mulheres
Você pode ajudar alguém. Mães, artesãs, prostitutas, lésbicas: algum grupo de mulheres pode crescer com a sua presença.

13. Entre no LezLove 
E saia do armário com segurança para um mundo de meninas lindas e interessantes!


14. Crie um blog

Mais uma forma segura e, para quem precisa, anônima de entrar em contato com outras meninas. Além da rede social, você contribui para uma internet com mais textos de mulheres e ajuda uma penca de garotas que procuram histórias de lésbicas iguais a elas.

15. Para as bissexuais: quando estiver com um homem, seja sincera sobre sua sexualidade
Tem muita lésbica discriminando bissexuais porque acredita que, quando as bis namoram homens, elas "escondem" seu lado homossexual. Seja sincera com seu namorado e desconstrua esse mito.

16. Participe de um grupo LGBTVirtual ou presencial, sempre tem algo a ser feito. Você é boa fotógrafa? É DJ? Escreve bem? Entende de cinema e adoraria montar um grupo para assistir filmes que falem sobre sexualidade? Não importa a sua habilidade: há muito espaço para você!

17. Presenteie sua namorada no dia dos namoradosE seja romântica. Você já comprou flores para sua namorada? É uma delícia ver como os floristas ficam surpresos com uma mulher escolhendo um buquê. Transforme as datas heterossexistas em nossas e comemore o dia das namoradas!

18. Quando perguntarem por um namorado, corrija o gêneroQuem não tem um tio chato que sempre pergunta pelo seu namorado? Em 2010, respire fundo e corrija o gênero: namorado não, namorada.

19. Leve sua namorada em um almoço de famíliaTalvez sua família não aceite de forma alguma, mas é provável que você tenha um irmão ou primo com quem possa contar. Aproveite o voto de confiança e crie uma relação familiar com essa pessoa. Você amplia a visão de mundo do outro mostrando que lésbicas são normais e ainda ganha um pouquinho de família.

20. Deixe os tabus para trás e leia sobre sexo entre mulheresLeia, fale sobre isso, assista vídeos. Descubra o que é tribadismo e tesourinha e renda-se ao melhor 69 do universo (tem como encaixar melhor?)

21. Vá a um sex shop
Sozinha, com uma amiga ou com a namorada. Não vai demorar muito para a vendedora perceber que você não está comprando brinquedos para usar com um homem. Caso ela não entenda isso, deixe claro. Ela é uma profissional e, se não sabe, tem que aprender a atender e indicar produtos para lésbicas.

22. Converse com sua irmã mais nova sobre respeitar a diversidadeÉ importante dar o exemplo e fazê-la confiar em você. Fingir que não há nada de diferente com medo de "contaminar" sua irmã com a homossexualidade só deixa vocês mais distantes. Tenha uma aliada!

23. Vá a Parada GayO dia da Parada do Orgulho LGBT é, para muitas de nós, o melhor dia do ano. É quando somos livres e podemos dançar, beijar e cantar no meio da rua. Você pode ser o que quiser, tipo festa a fantasia para adultos, só que dessa vez a fantasia é aquela que você usa no dia-a-dia e só tira para a Parada. Tudo de bom!

24. Compreenda a importância dos eventos lésbicosVocê pode achar que os eventos lésbicos só servem para segregar ou rotular, mas entenda a importância da visibilidade feminina/lésbica e respeite os eventos para mulheres. Um pouquinho de união não faz mal a ninguém.

25. Conheça seus aliadosVocê sabia que o Cinemark fez uma doação de 10 mil dólares contra o casamento gay? Lembra da polêmica campanha da Martha Suplicy? Saiba onde investir tempo, dinheiro e principalmente seu voto e diga não aos homofóbicos.

26. Procure um grupo religioso que te aceite como você éSe você é religiosa, sabe como é difícil juntar sexualidade e Igreja. Por isso, muitos grupos cristãos gays são uma excelente alternativa para as meninas que não se sentem acolhidas em suas comunidades de origem.  Opções de grupos podem ser encontradas na internet para religiões específicas e também para as não-cristãs.

27. Leia romances lésbicosApóie e divulgue a literatura de e para mulheres. Se você prefere contos, tem milhares pela internet.

28. Posicione-se contra a discriminação em qualquer situaçãoNão deixe a violência e o ódio vencerem. Presenciou uma cena de discriminação, mesmo que só uma frase? Não ouça calada. A chance de termos um futuro mais justo está em nossas mãos.


Um ótimo 2010 para todas, e que cada uma de nós saia (um pouquinho mais) do armário! 

14 comentários:

  1. Maravilhoso! Todas nós temos mesmo, ainda que com pequenos gestos, ajudar a pôr fim nessa violência gratuita que é a homofobia!

    ResponderExcluir
  2. Adorei!
    acho que tudo o que se encontra aqui está maravilhoso!

    ResponderExcluir
  3. Sempre qdo saía com minha ex e queria ficar de mãos dadas, dar selinho na rua, ela ficava indignada. Tudo bem que eu tinha certeza do que queria e ela não.

    ResponderExcluir
  4. NOSSAAAA!!!!!!! NUNK EM TODA A MINHA VIDA ENCONTREI ALGO TÃO ACOLHEDOR, SINCERO, QUE ME FIZESSE PENSAR MELHOR SOBRE TD...
    AMEI, MUITO LEGAL, SOU LESBICA E NAMOROA SEIS ANOS UMA GAROTA LINDA E NOSSAS FAMILIAS FINGEM Ñ ACREDTAR ,MAS A MINHA MÃE EM ESPECIAL PARECE ESTAR CEDENDO E ACEITANDO
    VALEU PELA FORÇA E POSTA MAIS COISAS AÍ... BLZ
    FIK COM DEUS
    BJINHUS

    ResponderExcluir
  5. olha só numero 3 ñ concordo muito com essa questão de vc ñ achar q q tua mina ñ sabe o q ker... antes eu pensava assim tb com umas minas aí q namorei e depois de passar por muitas coisas hj posso te afirmar que tua namo só deve ter medo do preconceito e talvez prefira td bem escondidinho até se acostumar mais com a ideia ... tenta entender ela tah
    felicidades pra vcs
    bjinhus

    ResponderExcluir
  6. nossa eu nao sei q fazer estou perdida vcs abriram meus olhos vou mi declarar

    ResponderExcluir
  7. Muito bom! Me deu mais força pra me declarar, ja que ate então não tinha "coragem" o suficiente.. Maravilhoso o post!

    ResponderExcluir
  8. ACHO MUITO LEGAL!!!!!!!!!!!!!SOU CASADA COM UMA MULHER A 1 ANO E 4 MESES E NAO TEMOS PROBLEMAS NENHUM EM SAIR DE MÃO DADA SOMOS MUITO FELIZES!!!!!!!!!!!!PARABENS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  9. Oiie Boa noite estou postando este comentario para dizer que amei a redelesbicablogspot# tudo de bom e alem de ter me ajudado a como agir e tambem me tiro mts duvidas . Parabens Bjos

    ResponderExcluir
  10. Sempre me ferro em relação a isto, meus pais me proibiram de sair de casa e não pude mais ver minha namorada, hoje terminamos já se passou uns dois anos e eu morro de vontade de ter ela comigo, eu sei que ainda amo ela demais e soube que ela também me ama. Estou em estado de depressão desde então, estou indo no psiquiatra e estou tomando medicação. Meus pais jamais irão aceitar isto, antes, namorei outras meninas, escondido, mas já tive relacionamentos longos heteros. Eu só quero que ela saiba que eu a amo muito, e penso nela todos os dias, e em todas as vezes que nos vimos escondido. Sim, obviamente estou chorando, queria viver com ela, e trazer todos meus sonhos que tenho com ela a tona.

    ResponderExcluir
  11. Bom acho que todas prendeu a respiração, leu tudo num fôlego só e quando terminou de ler, disse uauuuuuuuuuuuuuuu!!! E soltou o ar! Este artigo deverá ser como os 29 mandamentos para as mulheres. É uma autogestão de como conduzir a sua própria vida e viver bem.
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  12. Eu já fiz mais da metade deels e sou muito feliz com isso !! Adoro o mundo gls, sabe parece q foi feito pra mim !!!

    ResponderExcluir
  13. adorei o site, dá coragem , se não fosse o fato de mtas pessoas reagirem violentamente a revelação eu já teria contado a mto tempo. Tenho medo que minha namorada sofra e ñ qro que nos separem. mas assim q for independente eu vou contar, é o que eu sou, e não sou pior ou melhor q ninguém por isso. Me sinto sufocada, n vejo pq as pessoas tem q se meter na vida das pessoas, estou amando n matando.

    ResponderExcluir
  14. mt bom !!! adorei
    pena q tem mt pessoas preconceituosa nesse mundo

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...