"Amem sem cor, raça ou gênero."

A atriz Leisha Hailey, que ficou conhecida pela participação na série televisiva "The L Word", e a namorada, Camila Grey, foram expulsas de um avião da companhia norte-americana Southwest Airlines por darem um beijo, acusam.
O caso, revelado pela própria atriz na sua conta no Twitter, está a criar polémica nos EUA e já obrigou a uma "guerra" de comunicados entre o casal e a companhia aérea.

Leisha Hailey e Camila Grey - que fazem parte da banda "Uh Huh Her" - iam voar entre Baltimore e Saint Louis quando foram abordadas por uma hospedeira que as terá advertido, depois de um beijo, dizendo que a Southwest era uma "companhia familiar" e deveriam moderar o seu comportamento.

A discussão instalou-se e o casal foi obrigado a sair do avião.

Revoltada com a atitude da comissária, Leisha usou o Twitter para protestar. "Desde quando mostrar carinho por alguém que você ama é ilegal? Eu quero saber o que a Southwest considera 'família'. Eu conheço muitas famílias de pessoas do mesmo sexo e gostaria de apresentar algumas a eles. Boicote a Southwest se você é gay! Eles não gostam de nós", escreveu.

A Southwest explicou a situação, em comunicado, dizendo que a atriz e a namorada se tinham "excedido nos comportamentos e na linguagem", tornando-se "agressivas", daí terem sido expulsas. A companhia também fez questão de frisar que não discrimina ninguém e apoia "com orgulho" a comunidade LGBT (lésbica, gay, bisexuais e transgénero).

"Queremos deixar bem claro que não estávamos na 'marmelada'"

O casal não aceitou a explicação e também respondeu em comunicado , esclarecendo que as suas ações "não foram nem excessivas, nem inaproriadas, nem vulgares - de maneira alguma."

"Queremos deixar bem claro que não estávamos na 'marmelada' nem a criar qualquer tipo de espetáculo - foi um único, e modesto, beijo. Somos mulheres adultas responsáveis que se comportam no mundo com dignidade. Estávamos simplesmente a comportar-nos como qualquer casal normal."

A Southwest Airlines já tinha sido notícia recentemente por ter expulso o vocalista da banda Green Day, Billie Joe Armstrong, de um avião, alegadamente por este ter as calças demasiado largas, isto é, a mostrar a roupa interior.

Leisha Hailey garantiu que nunca mais voltará a voar pela Southwest e que apresentará uma queixa formal contra a companhia - até por que diz ter "vídeo e som" do incidente.

Veja um vídeo que tenta explicar o incidente:

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...