"Amem sem cor, raça ou gênero."




Nome: Debora
Cidade/Estado: Curitiba/Parana


Estou apaixonada pela minha professora, o que  devo fazer?

Pessoal é o seguinte, ela dá aulas pra mim há 4 anos e esse ano eu me formo no curso de  Direito, ou seja, é o ultimo ano que terei contato com ela. Já trocamos olhares diversas vezes.  Eu fico sem fôlego as vezes quando ela esta perto de mim. Ela é desquitada e tem  um filho. Há tantas coisas que eu queria que ela soubesse mas não sei como dizer. Ontem tentei escrever uma carta para ela mas meus dedos ficaram imóveis diante do teclado. Nao tenho certeza se ela gosta de mulheres, mas meu gaydar por ela apita e muito...rsrs...Ai gente,  me ajuda, eu sinceramente não sei o que fazer. Devo me declarar? Quero falar com ela, mas não sei o que dizer... Alguma sugestão? Agradeço pelas respostas...




Problemas sentimentais? Escreva para lezlovemail@hotmail com nome (ou apelido), cidade/estado, que publicaremos (ou não).

25 comentários:

  1. Oi Débora tudo bom? Nossa bem difícil a sua história né?
    Já vivi uma situação muito parecida.
    Acho que o maior problema é que mesmo que sua professora tenha uma queda por você, se ela for como a maioria você não ficará sabendo, pois, a maioria das mulheres "heteros" que até se interessam por outras mulheres, adoram brincar de sedução mas na hora que você chega junto elas gelam e dão para trás.
    Mas eu acho que você de tentar sim, o ideal seria se você já tivesse criado uma história de sedução com ela, mas como o tempo urge...tenta chegar mais junto, mais de uma forma discreta...se você sentir que há campo, convida pra jantar ou tomar um café, tente ser elegante e não chegue chegando, acho que a forma de abordagem ajuda em muita coisa.
    O que você acha???
    Beijos
    Joana

    ResponderExcluir
  2. Olá Débora, boa noite.
    Estive lendo sobre esse sentimento pela sua professora.
    Olha minha querida, eu acho na minha opinião que você deve abrir o jogo com ela, pois você mesma escreve que terá somente mais três aulas com ela, certo. É melhor você ouvir uma resposta concreta do que ficar nesse desespero todo sem saber o que fazer. Chega nela, abre o jogo e veja como ela vai reagir. Não vejo outra saída para você. Aproveita já que o seu curso termina nesse ano, vai e se joga. Pelo menos essa sua angustia irá acabar. O que você pode ouvir são duas palavras SIM ou NÃO, mas pelo menos você tentou e tenho certeza que seu coração ficará mais leve. E tem mais minha querida se estiver traçado de vocês ficarem juntas, ninguém separa e tem mais não se esqueça que o mundo é redondo e que nada como um dia atrás do outro com uma noite no meio.
    espero que eu tenha te ajudado um pouco.
    Desejo-lhe boa sorte e lembre-se, não tenha medo vá em frente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá bom eu também me apaixonei pela minha professora na verdade ela é minha ex professora e agora ela é professora do meu irmão ela é casada e tem 2 filhos eu as vezes acho que é errado porque somos mulheres eu tenho 14 anis e ela tem 49 eu não ligo pra idade eu não consigo parar de pensar nela as vezes sinto um pouco de ciúmes dela eu quando a vejo sinto algo muito forte eu queria me declarar pra ela mas tenho medo dela não quere mas fala comigo ela vai na igreja e eu também gosto de ir na igreja a gente já trocamos olhares as vezes acho que ela gosta de mim mas não tenho coragem de me declarar pra ela o que eu devo fazer eu agradeço muito

      Excluir
  3. Hi ... Quem nunca se apaixonou por uma professora na vida que atire a 1ª pedra, então ... voltando ao seu caso colega, percebe-se que seu sentimento por "ela" já vem rolando de longas datas e não me parece ser apenas fogo de palha. E já que seu curso tá finalizando e sua atitude tomada com a professora não mais influenciará nele, é bom preparar seu coração para um "sim" ou um "não", mas declare-se antes que seja tarde demais ... desejo boa sorte ! pattylima

    ResponderExcluir
  4. Escrever é bacana, e vc pode dizer tudo que pensa e sente, com mais detalhes. Não tenha medo e faça isso. Pior que isso é deixar o tempo correr, a vida passar em branco e daqui alguns anos se arrepender pelo que não experimentou. Importante é não deixar de viver isso honestamente. E esteja preparada para o sim ou o não. Mas, é muito melhor saber do que NUNCA saber...boa sorte.

    ResponderExcluir
  5. Não sei as vezes amar platonicamente só dificulta as coisas. A vida é curta...se vc tem certeza de seus sentimentos por ela são verdadeiros. vc deve partir. é lógico. elegantemente. como uma dama. pois ela deve ser também, pois já tem uma família de filhos. E falar do que vc sente. Algumas mulheres são sensíveis a sentimentos de amor, pelo menos peça para que ela te escute...então. Vá a luta! Querida, se tiver de ser será maravilhoso. Boa sorte!

    ResponderExcluir
  6. olá!!! Acredito que se vc sente que ela tá afim, mesmo sem a certeza se ela é ou não gay.Vale a pena vivenciar,seja sincera olhe no olho e fla com delicadeza vc se sentirá melhor!!! Assim vc vive esse amor, nem que leves um fora, coisa que ue acho dificil!! Sou educadora e o educador sabe quando um aluno quer algo a mais.
    Bjss

    ResponderExcluir
  7. Io! Joyce! tudo que voce contou eu sou um exemplo, estou casda com minha ex-aluna há 16 anos e as vezes penso que é brincadeira ou sonho tudo que eu vivo; é muito dificil as vezes, pois ela tambem tem uma filha que na maioria das vezes me deixa fora de controle e isso causa discussões, mas conversamos depois e tudo bem, talvez porquê seja adolecente e ela tem ciúme e compreendo. espero que voce chegue certo e não se deixe abater convide-a para sair e tomar um lanche, quem sabe se ela não está esperando pelo teu passo; se achas impossível então não quer ser feliz, mais coisa te digo: não minta, seja direta e franca nos teus objetivos e veja se ela não quer só experimentar e aí verá que existem outras afim e talvez voce não saiba!
    Boa Sorte

    ResponderExcluir
  8. Olá Débora!
    Me vejo na mesma situação que a sua! Estou apaixonada pela minha professora de Inglês! Penso nela todos os dias. Sonho com ela e tudo. Nas aulas dela eu viro um Iceberg. Não consigo dizer nada! Mas ela nunca deu sinal de ser Bi, ou retribuir!.
    Eu eu sou do tipo de pessoa que quando sinto algo não dá para esconder! Todos me dizem que ela já se ligou. Só que ela é casada e ainda ão tem filhos. Só que o que está ocorrendo comigo não dá mais para esconder, é um desejo tremendo! Quando ela começa a falar então... Enfim, é Complicada a nossa situação né?
    Mas, que você tenha sucesso na sua história! Boa Sorte tá?
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu deus pensei q fosse a unica...to no mesmo barco q vc... Nao consigo dizer nada...penso nela o dia inteiro
      ... E o q fazer..dizer o q sente? Mesmo nao conseguindo dizer uma palavra....

      Excluir
  9. Put'z! Também estou nessa.. Não é fácil, pior ainda, tenho aula uma vez por semana com ela, vejo duas vezes no máximo durante a semana, fico nervosa com ela por perto, gostaria muito de falar com ela, mas não tenho coragem.. ela é casada, tem o olhar muito forte q me deixa sem ação..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acontece o mesmo comigo...estou na mesma situacao q vc.....quero dizer mas as palavras nao sa e tb nao sei se ela e... A primeira vezq acontece isso comigo....

      Excluir
  10. OLa não sei se vai te ajudar mas muitas vezes tambem ja achei que varias prof minhas estavam com um olhar diferente mas talvez era eu que estava querendo algo a mais e a questão de ela ser prof pode ter ti dado um fetiche (aquela coisa sabe prof você aluna) mas vc pode arriscar pega o tel dela ou tenta fazer amizadade de algum lado tem que começar, vê se tem amigos em comum e assim vai só não fica alimentando algo sem fazer nada

    ResponderExcluir
  11. Uau... Estou a ver que não estou sozinha no mundo e tem mais gente passando pelo mesmo que eu...

    Também me apaixonei pela minha professora de matemática, aliás, ainda penso muito nela, sonho com ela...

    Infelizmente ela já não me dá mais aulas, mas eu vejo-a todos os períodos e nesses momentos eu fico perplexa sem saber mesmo o que fazer... Ela sempre foi muito queria comigo (ou se calhar foi só impressão minha). Pra ter bem noção, uma vez ela veio abraçar-me de surpresa porque tinha tirado pela primeira vez nota máxima num teste. E sempre me perguntava como corriam minhas apresentações na escola.

    Bem, passando ao que interessa, eu também achava que devia contar-lhe o que sentia, até porque não aguentava mais, e assim o fiz. No último ano que tive com ela, disse-lhe o que sentia, duma forma um pouco indireta. A princípio pensei q ela nao tinha entendido, mas com o tempo percebi q ela me foi ignorando, já não falava comigo e quando dizia bom dia ela não respondia. No entanto, pode parecer loucura, eu ainda fico com uma esperança aqui no fundo porque ela sempre me retribui os olhares. Só fico muito indecisa; ela me ignora e depois fica olhando (e eu não sei interpretar olhares, por isso fudeu... :/ )

    Bom, beijos! Se alguém quiser conversar comigo sobre a sua situação, sempre gostaria de desabafar com alguém... O meu msn:

    lindo_e_fofa@hotmail.com

    ResponderExcluir
  12. querida debora... Eu realmente acho que você deve ir em frente... Pessa umas aulas particulares e de uns pegas nela...rsrs... Mas se não quiser simplesmente chegar, faça planos para provar que ela se interessa pelo mesmo sexo... na hora de dar um abraço passe a mão na bunda dela, se ela for para trás nem tente mas alguma coisa heiin!!! Bom sorte com a sua professora sorte para vocês.. bju cristina, aproveite a noite com ela por mim..rsrs..

    ResponderExcluir
  13. nossa que situação em, maseu acho que vc nao deveria fala nada pra ela, é horrivel leva um fora!!

    ResponderExcluir
  14. Nossa eu tbm ja gostei de 2 prof minha, mas eu nao entendo pq eu nao sentia atração por mulheres depois eu me apaixonei nao consigo esquecer elas e apesar de tudo umas delas ja brigue de mas com ela , sabe aquela vontade de MATAA? entao eu amo ela e ao mesmo tempo da vantade de mata mas enfim, tem uma prof no meu colegio que ela e MARAVILHOSA e louca ela ja deu selinho na boca do menino da minha sala (menino gay) e pergunto se alguem mas queria, se eu fosse homem eu ai fala que queria o/.
    eu na posso ver essa mulher nos corredores meu coraçao dispara fico com vergonha fingo que nao to vendo ela mas ela me chama e sempre fala que ta com saude (pq ela era minha prof antes)me abraça e eu nao consigo nem olha pra cara dela, e esses dias eu quase INFARTEI pq eu e ela ti amos brigado ai eu fui fala com ela e tbm fui da feliz aniversario pq eu nunca esuqeci o dia do niver dela enfim ai ela me abraço e falo pra mim agente briga mas vc nao fica coom raiva de mim ne? ai ei falei nao , ai ela falo, nem eu e me abraço forte e falo EU TE AMO ! eu quase desmaiei ne ai eu nao falei nada fiquei sem reação pq ne..... mas eu nao sei se ela curtii mulher nao pq ela e casada tem filhos e etc, mas eu ja tomei uma decisao eu nao vo fala nada vo sofre sozinha mesmo

    ResponderExcluir
  15. A gente que é gay vive sofrendo por amar e não saber se a outra pessoa corresponde é foda machuca pacas :(

    ResponderExcluir
  16. Gente, tbm estou nessa ha uns dois meses, e minha proff é bi, tenho 21 anos, e ela tem 36, nao sei o que fazer mais, faco elogios a ela, acho que ela ja sacou mais ou menos, mas tenho pouco tempo, o que faco???

    ResponderExcluir
  17. Oiii
    nossa me identifiquei muito com o que a Karoll Fierro comentou...
    Me apaixonei tb pela minha professora de inglês, ela mt querida, carinhosa, sempre atenciosa comigo. Mas ela mora com o noivo. E também nao tenho nenhum sinal de que possa ser bi e tal :S
    complicado né

    ResponderExcluir
  18. eu também tenho 13 anos eu me apaixonei pela minha professora de inglês ela é japonesa aparenta ter uma atração por mim idade 25 pensei que era a unica, estou feliz por encontrar pessoas do mesma situação

    ResponderExcluir
  19. Oi, estou apaixonada pela minha prof de natação, sou muito tímida, ela é separada e tem um filho, sempre conversava comigo nas aulas, me contava coisas de sua vida, me chamou pra sair algumas vezes mas sempre com uma amiga dela, por várias vezes me disse que homem na vida dela nunca mais, e agora de alguns dias pra cá finge que eu nem existo, não me dá mais atenção, nem como professora, me passa os exercícios e nem olha se está certo, gelo total, ainda ri e fala qualquer dia vamos tomar chopp né e vira a cara, não se ela é lésbica, me ajudem o que faço.

    ResponderExcluir
  20. estou apaixonada por minha professora de educação fisica toda vez que ela me olha eu fico sem saber o que fazer .confesso que eu também há olho não consigo disfarçar a vontade que eu tenho é de fala tudo que sinto por ela mas não consigo eu tenho tantas coisas pra fala pra ela mas não consigo .quando estou perto dela me sinto tão bem ela me faz tão bem .eu não sei se nossa historia vai da certo e nem sei se a gente tem uma historia .eu só sei que estou perdidamente apaixonada por ela .a gente troca olhares mas eu não sei se ela senti o mesmo por mim .me ajudem o que eu faço ?

    ResponderExcluir
  21. E complicado,quando vc cre ser correspondido de repente volta a estaca a zero estou passandovpor isso tbm

    ResponderExcluir
  22. Se apaixonar por professoras acho que é algo tão cliché pelo o que observei lendos os comentários. Minha paixão que foi a mais dolorosa e longa até agora foi no ensino médio. Foi num período que teve muitas trocas de profs e ela foi minha terceira professora de língua portuguesa no 2o ano. Ela praticamente "caiu de pára quedas" na escola e na minha vida. Jamais diria que em algum momento da minha vida iria se apaixonar logo por ela. Eu já tinha me apaixonado por uma outra menina que demorou quase três anos pra mim superá-la... enfim, voltando com a história da professora: eu sempre fui uma boa aluna e tudo e eu sempre achei ela uma ótima profissional e tinha uma admiração da pessoa que ela era. Até aí tudo normal, foi assim o restante do 2o ano. No ano seguinte ela seria novamente minha professora e eu estava no último ano do médio. Com o passar dos meses fui notando que eu nao a via mais apenas como "minha professora". Ela tinha se tornado algo que eu não sabia ao certo o que era. Eu ficava muito ansiosa todos os dias quando ia ter aula dela. Comecei a prestar atenção nos mínimos detalhes e a admirá-la. E a gente sempre tinha uns papos cabeça nos horários vagos. Foi quando eu notei que eu tava gostando dela. No final do ano resolvi abrir o jogo e dizer o que sentia. Falei da minha primeira paixão, falei que tinha sido a segunda vez que eu me apaixonava por uma mulher e que não sabia ao certo o por quê disso estar acontecendo comigo. Ela foi gentil, me deu um monte de conselhos e falou que não poderia dar certo, porque ela era hetero e por eu ser aluna dela. Depois desse dia voltei arrasada e me arrependendo por ter dito. Naquela época ela foi a única pessoa que sabia do meu segredo e tudo. Com o passar do tempo fui tentando aproximar-se mais conversar com ela com mais frequência com relação a coisas do coração. Eu tava apaixonada por ela e qualquer coisa que ela me respondia eu tava feliz. Depois chegou a hora de eu me formar e tive uma ultima conversa com ela sobre o assunto. Ela novamente desejou toda a sorte do mundo e que se fosse pra viver a minha opção, que eu fosse feliz e tudo. Confesso a vocês que depois que eu falei acho que foi pior. Passei exatamente cinco anos tentando esquecê-la. Nunca consegui superar totalmente. Em 2015 fazia dois anos que eu tava na faculdade e conheci uma garota que agora é a minha melhor amiga. E lá vem mais cliché: já faz 1,5 ano que eu tô perdidamente apaixonada por ela. Há uns cinco meses contei a minha história pra ela, até porque ela nunca tinha entendido a minha relação de nunca falar do meu passado pra ela. Quando a gente conversava sobre as experiências anteriores eu sempre fugia do assunto, inventava qualquer outra coisa, mas não queria falar. Ela sempre perguntava que culpa eu carregava tanto que não podia falar. Eu tinha medo da reação dela e quando ela soube foi a melhor possível. Só não me declarei, claro porque eu sei que seria um erro sendo que ela também é hetero. Ainda estou em fase de aceitação própria. Vi que nesse tempo todo eu era homo. Um carinha se apaixonou por mim, mas ele não passa de um irmão. Já a moça por quem estou apaixonada é a minha melhor amiga em que confiei esse meu segredo. Eu não quero estragar a nossa amizade, mas também não aguento mais ficar com isso dentro de mim. Ultimamente até estou um pouco mais tranquila, estou falando abertamente sobre o que eu sinto por garotas, mas não tenho coragem de falar pra ela que eu tô gostando de verdade dela. Enfim foi isso.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...